Tarsila do Amaral para Crianças – Exposição até dia 2 de fevereiro
0

Tarsila para crianças

No projeto de artes Tarsila do Amaral para Crianças é possível mergulhar no universo de inspiração da artista de forma lúdica e interativa

Quer saber mais sobre a exposição Tarsila do Amaral para crianças?

Mostras de arte nem sempre são ambientes convidativos às crianças. As galerias geralmente são silenciosas, as obras não podem ser tocadas, às vezes precisam de reflexão e contesto histórico para serem compreendidas e exigir que as crianças fiquem paradas em filas quilométricas pode resultar numa experiência bem desastrosa. Mas nessa exposição que acontece no Farol Santander, Tarsila para Crianças, mexer, brincar, rir e fazer barulho é palavra de ordem. Em dois andares do edifício, 7 estações temáticas são convidativas à brincadeiras e interações com as obras, adentrando no universo lúdico e criativo de Tarsila do Amaral para crianças . Com o suporte da tecnologia, os cenários são imersivos e sensoriais. Tudo para que as crianças possam interagir, tocar, ouvir sons, sentir cheiros diferentes e, claro, brincar muito.

Como não poderia ser diferente, Tarsila do Amaral para crianças é inspiração para muitos projetos de artes aqui na escola. Seus trabalhos dialogam facilmente com as crianças por conter cores vivas, formas simples e temas que retratam o cotidiano, a cultura e o folclore brasileiros.

Quem ir à exposição e começar pelo 20º andar dá de cara com um ambiente bucólico que remete a fazenda onde ela passou a infância com seus mais de 40 gatos. Na Vila dos Sentidos, quatro casinhas de madeira formam uma mini vila caipira rodeadas por caixotes, palhas e animais que compunham aquele ambiente. Os caixotes de frutas foram inspirados no quadro A Feira e cada casinha daquele remete a uma característica marcante da infância de Tarsila como sons dos animais, objetos de infância e retratos da artista.

No Universo de Tarsila do Amaral para crianças, monitores distribuem desenhos com os elementos de sua Cartão Postal para que as crianças possam colorir e posteriormente ganhem vida numa imensa parede interativa

Toca da  Cuca 

A grande atração desse andar é a Toca da Cuca. Seja passando pelo túnel da lagarta ou pela cama de gato, as crianças entram num ambiente mágico com elementos dessa obra projetados no chão. Algumas sentem medo, outras tentam pisar, há quem tente correr atrás deles, mas quando a Cuca aparece é sempre uma festa.

Floresta  Negra 

A Floresta Negra é também outro ambiente procurado pelas crianças. A cenografia e a ambientação sonora remetem ao quadro Floresta e as crianças poderão brincar muito no ninho de almofadas que simulam os ovos rosa arroxeados de sua pintura. Na parede ao lado, uma reprodução tátil do quadro foi criada para que deficientes visuais possam ter contato com a obra. O guardião desse ambiente é O Touro, que emite sons do animal e possui um instapoint perfeito para tirar fotos e do outro lado do ninho está O Ovo Urutu, onde as crianças podem matar a curiosidade do que tem dentro dele observando pelos buraquinhos.

Abaporu

Já no 19º um imenso Abaporu ao fundo chama a atenção de quem chega ao espaço Papo com Abaporu. Ao lado dele um imenso espelho colocado numa posição para que quem quiser tentar reproduzir a imagem que inspirou Tarsila. A história desse famoso quadro conta que a artista parou diante de um espelho inclinado que ficava na porta do seu ateliê pensando no que dar de presente para seu marido, Oswald de Andrade. Daquela imagem surgiu a obra de arte mais importante do país. Em frente ao Abaporu possui dois totens touchscreen com inteligência artificial responde perguntas sobre o movimento antropofágico e, para os deficientes visuais, mais uma reprodução tátil da obra.

Com cactos cenográficos e flores holográficas, o espaço abriga ainda dois quadros importantes de Tarsila do Amaral: Sol Poente, um cenário luminoso perfeito para fotos, com pufs representando os animais da obra, e A Lua, um balanço remetendo ao famoso quadro.

Como ninguém é de ferro, no Jardim Afetivo, os pais podem descansar um pouquinho enquanto as crianças embarcam numa viagem sensorial com animações e sons de 4 quadros da artista: O Sapo, Estação de Ferro, A Boneca e Paisagem com Touro.

Em As Cores de Tarsila, há várias reproduções de quadros da artista estão expostos com a paleta de cores utilizada. Além de dois balanços que simulam pincéis que são projetados nos chão, misturam as cores e vão dando uma infinidade de pinturas digitais aleatórias.

Assim como as obras de Tarsila do Amaral, toda a exposição tem um colorido muito vivo que conversa diretamente com o lúdico e os pensamentos de infância.

Tarsila do Amaral para crianças fica em cartaz até o dia 2 de fevereiro de 2020 no Farol Santander 

Conheça o Mapa da  exposição

Está Imperdível

 

undefined

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.