Metamorfose das lagartas; crianças se encantam pela natureza – Portal Catraca Livre

0

No dia 22/04/17, o Site Catraca Livre publicou uma matéria sobre a proposta “A metamorfose das lagartas em borboletas”– Uma lição de aproximação de crianças com a natureza na Escola Tarsila de Amaral:

metamorfose-das-lagartas

Entender os processos da natureza exige atenção, concentração e curiosidade. Essas competências também são indispensáveis durante as etapas de aprendizagem, principalmente na educação infantil onde são construídas as primeiras hipóteses de mundo. Atentas às curiosidades e perguntas sobre as lagartas, professoras da Escola de Educação Infantil Tarsila do Amaral desenvolveram projetos para as crianças investigarem essa transformação mágica que é a metamorfose.

Sob a orientação da professora Inês Rinaldi, as crianças da turma do Infantil 5 Van Gogh de 2017 criaram seu próprio Hotel de Lagartas. A ideia surgiu depois que elas começaram a observar que muitas apareciam esmagadas no Espaço Manacá – um local gramado, com plantas, folhas e brinquedos ecológicos. Por sua coloração, em meio ao gramado, elas passavam despercebidas dentre os pezinhos que correm de um lado para o outro.

Preocupados com o “bem estar” das lagartas para conseguirem completar a metamorfose até tornarem-se borboletas, tiveram a ideia de coloca-las num aquário. Ao todo, as crianças conseguiram resgatar 19 lagartinhas que foram acomodadas em camas de folhas, galhos secos e muitos cuidados. Dois dias depois começaram a surgir os primeiros casulos. E as primeiras observações também:

  • Olha, prô! A lagarta pra fazer o casulo ela dança e troca de roupa.

Aproximadamente quinze dias depois todas haviam cumprido sua metamorfose e se transformado em lindas borboletas. Em paralelo, as crianças do Infantil 2 Romero Brito, observadas pela professora Nayara da Silva Procópio, também estavam envolvidas com a magia das lagartas e borboletas. Durante o processo de adaptação da nova turma, as professoras levaram os alunos a explorar os espaços da escola e o local que mais chamou a atenção delas foi justamente o Espaço Manacá. As crianças observaram a existência de algumas lagartas e a professora contou que no futuro elas se tornariam borboletas. Diante do interesse que a turma demonstrou pela história, surge a ideia do projeto A viagem das Lagartas, que integra ao tema proposto pela UNESCO em 2017, Turismo Sustentável para o Desenvolvimento.

Muitas perguntas e curiosidades surgiram sobre como aconteciam a transformação. O grupo pesquisou sobre o que elas comem, a importância da preservação da natureza e quais as cores da lagarta utilizando-se das diferentes linguagens: artes plasticas, visuais, historias.

A prô Nayara também levou sua turma pra conhecer o Hotel das Borboletas na sala do Infantil 5 e juntos passaram a observar, contar os dias e se deslumbrar com as transformações.

Com o abrigo criado pela turma Van Gogh, outros grupos perceberam que as lagartinhas estavam menos frequentes no Espaço Manacá e começaram a perguntar por elas.

Chegou o grande dia de soltar as borboletas! As três turmas se encontraram e juntas vivenciaram o encantamento de soltar as borboletas.

Para as crianças do Infantil 5 essa também foi uma oportunidade de reflexão já que esse era o último ano na escola. A partir de 2018 elas ingressaram em uma nova escola para o ensino fundamental.

Você encontra o vídeo que foi publicado na fanpage da escola com Os cuidados, a observação e soltura das borboletas durante todo o projeto você encontra lá na fanpage da escola ou aqui1. O projeto também recebeu destaque no Portal Lunetas2.

Borboletas… Sem legenda!

Posted by Escola Tarsila do Amaral Berçário e Educação Infantil on Monday, April 24, 2017

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.